Beneficiados com Proeducar começam a renegociar dívida

25/06/2013 - 08:43 - Jodevaldo Pereira / Sedecti

Divulgação/Sedecti

 O médico Diórgenes Vanderley dos Santos, que se formou com recursos do Proeducar, fez questão de procurar a Sedecti para o pagamento do crédito que recebeu quando era estudante.

Os beneficiados com o Programa de Crédito Educativo do Governo do Estado (Proeducar) que estão em débito com a administração estadual estão sendo chamados para negociação. Da última quarta-feira, 19, até a tarde desta segunda-feira, 24, mais de 170 pessoas já haviam procurado a Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) para regularizar a situação.

Conforme dados da Diretoria de Formação Profissional da secretaria, já foram negociados mais de R$ 1,7 milhão. Destes, R$ 210 mil referem-se a prestação de serviços dos estudantes já graduados.

Segundo o titular da Sedecti, Paulo Massuia, o recurso financeiro recebido dos beneficiados será utilizado para regularizar o Programa. “Nós acreditamos que com o início desse processo de recebimento teremos condições de regularizar a situação do Programa para que possamos, em breve, lançar novos editais para beneficiar outros estudantes de todo o Estado”, afirmou.

Como negociar

Devem procurar a Secretaria todos os beneficiados do Proeducar que estão com débitos, mesmo os que já concluíram o curso de graduação, desistiram ou foram excluídos do Programa. A Sedecti está informando através de e-mail os beneficiados com dívidas referentes ao Programa.

A negociação pode ser feita pela internet através do site www.tecnologia.to.gov.br, no link Proeducar/Sicoap – Sistema de Cobrança de Alunos do Proeducar. Neste sistema, é possível informar-se sobre o valor da dívida, negociá-la e ainda gerar o boleto que deve ser pago em qualquer agência bancária até o vencimento.

O beneficiado tem como opções quitar o débito à vista ou da seguinte forma: até 50% do valor total em prestação de serviços ao Governo e o restante da dívida em até uma vez e meia o correspondente ao período de utilização de seu benefício. Ou seja, quem utilizou o crédito por quatro anos, poderá parcelar seu débito em até seis anos, por exemplo.

Proeducar

O Proeducar é um programa de crédito educativo do Governo do Estado que tem o objetivo de financiar parcialmente os cursos de graduação de estudantes carentes matriculados em instituições de ensino superior não gratuitas no Tocantins. O valor financiado pode chegar a 85% do valor da mensalidade.

A instituição de educação superior oferece um desconto de 20%, cabendo ao acadêmico somente uma pequena diferença. O Programa já beneficiou mais de cinco mil estudantes carentes no Estado e já investiu cerca de R$ 51,4 milhões.

Como funciona

Se a mensalidade do curso escolhido pelo aluno é de R$ 1.200,00, por exemplo, a instituição de educação superior dá um desconto de 20%, fazendo o valor cair para R$ 960. O Governo do Estado financia até 85%, calculados a partir da renda mensal apresentada pelo aluno. No caso exemplificado, o governo poderia então financiar até R$ 816,00 e o aluno pagaria apenas R$ 144,00 mensais à universidade. Ao concluir o curso o aluno acerta os débitos com o governo.

Para outras informações, o beneficiado pode entrar em contato através do telefone (63) 3218-6313.

Compartilhe esta notícia:

Outras notícias

Corpo de Bombeiros realizam simulado em combate a incêndio em Terminal de Distribuição de Combustíveis Governo deposita primeira parcela de plantões extras atrasados de servidores da Saúde Policiais civis e militares do TO participam de curso do FBI para fortalecer segurança no Estado Governo reúne gestores municipais e Ministério da Saúde no AcolheSus 2015 Cooperativa do Paraná visita Tocantins para conhecer potencial agropecuário Marcelo Miranda prestigia lançamento do Programa Bem Mais Simples Brasil Levantamento da Polícia Militar aponta que ações na região sul do TO reduzem em 50% os índices de furto e roubo Ministro Artur Chioro reconhece crise na Saúde no Tocantins Nova programação da Rádio 96 FM destaca música popular e regional, além do jornalismo, com interatividade Governo do TO capacita fiscais de órgãos sanitários dos municípios tocantinenses Ministério das Comunicações vai agilizar processo de modernização da Redesat Período da Piracema termina neste sábado Em Brasília, governador Marcelo Miranda prestigia lançamento do programa #Bem Mais Simples Brasil Secad diz que Governo não questiona benefícios, mas a forma como foram concedidos Prazo para entrega do Documento de Informações Fiscais termina neste sábado; não haverá prorrogação da data Ministro confirma construção de aeroporto no Jalapão Ministro Artur Chioro reconhece crise na Saúde no Tocantins e promete ajudar Governo Governo inicia recuperação asfáltica em 6 trechos de rodovias estaduais Acordo com MPT garante reversão de multa de R$ 2 mi da Unitins Comissão encerra primeira rodada de negociações com representantes sindicais