Aplicativo lançado pelo Governo aproxima doadores e Hemorede

15/06/2017 - Marilda Amaral

Os números de doadores de sangue no Estado chamam a atenção. São cadastrados 145 mil doadores, parece muito, mas desses, 21 mil fazem doações quando têm necessidade e apenas 12 mil são fiéis. O restante some. Pensando em trazer esse doador que vem e não volta mais e outros novos doadores, a Secretaria da Saude lançou nesta quarta feira, no Hemocentro em Palmas, o aplicativo Hemoto Mobile para celular. O aplicativo traz informação para perfil do doador visitante e para doador costumeiro e já está funcionando, afirma Luciano Alves Alencar, responsável pelo desenvolvimento do aplicativo.

Há 12 nos, Edson Mario Pereira faz da doação de sangue uma rotina em sua vida. São quatro doações de sangue tipo A positivo por ano. A criação do aplicativo foi uma surpresa que ele aprovou.

O município de Palmas também abraçou a causa. A guarda Metropolitana compareceu com 16 doadores do grupo e com essa atitude lançou a campanha Sangue Azul Marinho, em solidariedade ao ato de salvar vidas, como afirma o Secretario Municipal de Segurança e Defesa Civil, Leonardo Gomes Coelho.

Ainda sobre o aplicativo Hemoto Mobile, ele vai enviar informações para o celular lembrando o doador de que já esta na hora de fazer outra doação. Vai avisar sobre campanhas, e tirar dúvidas sobre requisito para doação, compatibilidade sanguínea. O aplicativo pode ser visualizado no Google Maps das localizações dos postos de coletas. Para baixá-lo entre o Play Store e digite Hemoto Mobile.

 

Compartilhe esta notícia