Meio Ambiente inicia Cadastro Ambiental Rural em Dianópolis

03/10/2017 - Suene Moraes/Governo do Tocantins

Para garantir a adesão dos proprietários rurais de até 320 hectares ao Cadastro Ambiental Rural (CAR), a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) iniciou nesta terça-feira, 3, o atendimento gratuito para o CAR/Tocantins Legal, no município de Dianópolis. Os interessados podem procurar os técnicos na sede do Sindicato Rural de Dianópolis, onde o serviço está sendo realizado das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas.

Conforme o acumulado dos dados do mês de setembro, o CAR/Tocantins Legal já contabiliza 65,18%  de cadastros validados pelo registro eletrônico no Sistema de Informação para a Gestão do CAR (SIGCAR). O total de área cadastrada é de 15.733.082,49 hectares e as informações podem ser consultadas aqui.

O diretor de Instrumentos de Gestão Ambiental, Rubens Brito, ressaltou que, com a nova estratégia de mobilização em todas as cadeias envolvidas no CAR, a procura e a adesão estão sendo positivas. “Já estamos no terceiro município e, em Dianópolis, já realizamos cerca de 100 cadastramentos após as ações nas feiras livres, escolas e outros segmentos”, explicou.

Atualmente, a Semarh está com a meta de realizar a efetivação de 31 mil cadastros em 127 municípios do Estado. Em março deste ano, antes do órgão ambiental realizar a licitação para a contratação de uma empresa especializada no CAR, a adesão era de 58,60%.

CAR

Criado pela Lei n° 12.651/2012, no âmbito do Sistema Nacional de Informação sobre Meio Ambiente (Sinima), o CAR se constitui em base de dados estratégica para o controle, o monitoramento e o combate ao desmatamento das florestas e das demais formas de vegetação nativa do Brasil, bem como para o planejamento ambiental e econômico dos imóveis rurais. O CAR é um dos mecanismos de fortalecimento da política de preservação ambiental, principalmente das Áreas de Preservação Permanente (APPs), de Reserva Legal, das florestas e dos remanescentes de vegetação nativa.

Tocantins

O Projeto CAR/Tocantins Legal objetiva a implementação do Cadastro Ambiental Rural no Estado, via contrato não reembolsável no valor total de R$ 40.504.400 entre o Governo do Estado, por intermédio da Semarh, e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O projeto começou a ser executado em 2015, após a nova gestão realizar uma reestruturação e, desde então, do valor recebido, cerca de 50% foi investido na aquisição de imagens de satélite de alta resolução, na atualização da base cartográfica temática do CAR, além da melhoria da capacidade de controle e monitoramento do desmatamento ilegal realizado pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), o Batalhão Ambiental e a Delegacia do Meio Ambiente. 

Compartilhe esta notícia