Ação educativa de mobilização contra as queimadas chega a Pium nesta terça-feira

09/10/2017 - Camila Mitye/Governo do Tocantins

A força-tarefa de sensibilização contra as queimadas continua pelo Tocantins e chega nesta terça-feira, 10, ao município de Pium. A equipe, formada por servidores civis e militares de diversos órgãos ambientais e parceiros, vai percorrer a zona rural da cidade, alertando a população sobre os riscos das queimadas descontroladas nesta época de forte estiagem.

A abordagem tem caráter educativo e, na ocasião, são distribuídos fôlderes com a legislação e oferecidas orientações sobre os danos do fogo. Apesar de a chuva já ter iniciado em alguns pontos do Tocantins, a temporada ainda não começou no Estado, que sofre com a seca há cerca de 120 dias.

A iniciativa cumpre Decreto de Emergência Ambiental publicado pelo Governo do Tocantins no mês de julho/2017, que declarou situação de risco de desastre ambiental resultante de queimadas e incêndios florestais. As cidades contempladas são as que mais queimam e que estão no ranking de queimadas no Tocantins, de acordo com o do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

A força-tarefa já passou pelos municípios de Palmas, Novo Acordo, Lagoa da Confusão e Formoso do Araguaia. A próxima e última cidade visitada será Porto Nacional, encerrando as atividades da força-tarefa.

Participam da operação: a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil Estadual, o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), o Batalhão de Polícia Militar Ambiental, a Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes contra o Meio Ambiente (Dema), a Polícia Militar do Tocantins, o Exército, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e prefeituras municipais.

Compartilhe esta notícia