Diretor do Banco Mundial parabeniza Estado por execução do Programa de Desenvolvimento Regional e Integrado

23/10/2017 - Jarbas Coutinho/Governo do Tocantins

O diretor do Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (Bird)/Banco Mundial, no Brasil, Martin Raiser, ressaltou que o Tocantins é um Estado jovem, mas com um grande potencial, e que a instituição está orgulhosa de fazer parte do desenvolvimento do Estado. A declaração foi dada durante audiência com o governador Marcelo Miranda, na tarde desta segunda-feira, 23, no Palácio Araguaia. Também participou da visita o gerente de projetos do Bird, Satoshi Ogita. Os executivos da instituição estão no Tocantins para acompanhar a execução do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS) no Estado.

Durante três dias, Martin Raiser e a equipe do Banco vão visitar as obras em andamento no Estado, por meio do PDRIS, mas adiantou que já foi possível constatarum desempenho bastante satisfatório na execução do programa este ano. “Estamos aqui para parabenizar a equipe pelo sucesso já atingido, bem como enfatizar a necessidade de manter esse ritmo acelerado de implementação, em virtude do tempo de encerramento do contrato”, pontuou, lembrando que o Governo do Estado tem, até março de 2019, para concluir as obras e os projetos em andamento.

Ele informou ainda que todos os recursos dentro do projeto já estão programados e em fase de contratação. “O importante agora é focar na implementação das obras em todas as áreas beneficiadas. Estamos bastante otimistas de que vamos chegar ao final do projeto com sucesso”, afirmou.

O governador Marcelo Miranda ressaltou que o Banco Mundial faz parte do desenvolvimento do Tocantins. “Grande parte da infraestrutura foi construída com a participação do Banco, que sempre estabeleceu boas parcerias com o Estado”. Na ocasião, o governador apontou a necessidade de realizar novos projetos para infraestrutura do Tocantins.

PDRIS

O PDRIS no Tocantins é abrangente, com ações em várias esferas do Governo. No entanto, 80% dos recursos são voltados para obras de infraestrutura, de responsabilidade da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinf) e da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), mas envolvem também ações nas pastas da Agricultura, Educação, Meio Ambiente e Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), além do Planejamento.

O projeto é prioridade da gestão estadual e visa preparar o Tocantins para um novo ciclo de crescimento econômico. O projeto envolve uma operação de 375 milhões de dólares, e com o seu desenvolvimento, será possível fomentar o aumento da eficiência do transporte rodoviário e de serviços públicos.

Os objetivos serão alcançados com a melhoria da acessibilidade das populações e produtores para oportunidades de emprego, serviços, recursos e mercados e acessos facilitados às regiões produtivas, além do fortalecimento institucional para contribuir com a modernização da prestação de serviços públicos e de gestão, promovendo atividades da economia local, fortalecendo a gestão ambiental e melhorando a educação.

 Presenças

A reunião contou com a presença do presidente do Naturatins, Herbert Brito; do Ruraltins, Pedro Dias; além dos secretários de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Meire Carrera; da Infraestrutura, Sérgio Leão; da Educação, Juventude e Esportes, Wanessa Zavarese Sechim; do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, Clemente Barros; e do Planejamento e Orçamento, David Torres.

Compartilhe esta notícia