Polícia Militar prende dois criminosos por sequestro e extorsão

01/11/2017 - Gisele Meneses/Governo do Tocantins

Na manhã dessa terça-feira, 31, a Polícia Militar realizou a prisão de dois suspeitos de sequestro e tentativa de roubo na cidade de Araguaçu. A vítima, um homem de 53 anos, contou, aos policiais militares do 4º Batalhão, que atenderam a ocorrência, que havia sido levado de uma fazenda localizada em Lagoa da Confusão por homens que se passaram por compradores de gado.

Segundo a vítima, logo que anunciaram o assalto, os suspeitos procuraram por dinheiro e, como não conseguiram nada, o amarraram e vendaram seus olhos, apropriando-se de sua caminhonete. Eles deslocaram para a cidade de Alvorada, na tentativa de sacar dinheiro da conta do homem, mas como não obtiveram êxito, partiram para a cidade de Araguaçu e pernoitaram em um motel.

No dia seguinte, após a abertura da agência do Banco do Brasil de Araguaçu, os bandidos levaram a vítima, no intuito de que o mesmo descontasse duas folhas de cheque de sua conta, no valor de R$ 18 mil cada uma.

A vítima entrou sozinha na agência e os infratores ficaram do lado de fora. Aproveitando o momento, o homem contou o que estava acontecendo ao gerente do banco que ligou para a PM. Quando a viatura se aproximou do local, os meliantes fugiram.

Aos policiais militares, a vítima disse que havia mais dois bandidos aguardando no motel e assim os policiais conseguiram capturar os mesmos, que estavam com um veículo Saveiro, cor branca, placa de Alvorada do Tocantins.

Também foram apreendidas com os bandidos presos uma carabina calibre 22 e um simulacro de pistola, um gerador de energia e um celular, além de 88 folhas de cheques da vítima.

Após apresentarem os suspeitos e todos os objetos apreendidos na Delegacia de Polícia, os militares saíram com o objetivo de capturar os outros dois envolvidos no crime e localizaram o veículo Amarok, cor branca, de propriedade da vítima, abandonado nas proximidades do Banco do Brasil de Araguaçu. O veículo também foi encaminhado à Delegacia para os procedimentos cabíveis.

 

Compartilhe esta notícia