Acadêmico de Enfermagem tem trabalho selecionado para representar o Brasil em evento internacional

22/11/2017 - Unitins/Governo do Tocantins

O acadêmico do 2º período de Enfermagem da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), câmpus de Augustinópolis, Hugo Araújo Salis, conquistou o direito de representar o Brasil na Infomatrix mundial que vai acontecer em abril de 2018, em Bucareste, na Romênia. O acadêmico teve o seu trabalho de pesquisa com aproveitamento do mesocarpo de coco babaçu selecionado para participar do evento que reúne trabalhadores inovadores do mundo inteiro.

"O projeto fala do benefício do mesocarpo do Coco Babaçu para a ciência como forma de melhorar o sistema imunológico das pessoas, mas não somente para o meio científico, também para a cultura e economia da nossa região. Na cultura, por meio da culinária; e na economia, por causa do artesanato; o que falta é o conhecimento pela população e é isso que quero fazer com esse projeto, mostrar a importância do babaçu para nós, os seus benefícios nutricionais para nossa alimentação, para termos uma vida saudável, por meio de um fruto que podemos encontrar ao nosso redor", afirmou o estudante. 

O trabalho de pesquisa Dos Cocais ao Laboratório: utilização do mesocarpo da Attalea speciosa Mart. No Combate a Imunodeficiência Humana, participou da 32ª Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Motratec 2017), realizada em Novo Hamburgo (RS), onde foi selecionado. Para o professor Dr. Zilmar Timóteo Soares, a seleção será de grande relevância para o currículo do aluno, mas também para a Unitins que será a representante do Brasil na mostra. Ele explica que este foi o único trabalho brasileiro selecionado para a mostra internacional que vai contar com a participação de 60 países.

"Já foi um privilégio poder representar a Unitins e o Estado do Tocantins, e também por ter ganhado um prêmio. Agora, não vou só representar a universidade, mas também o Brasil. O peso aumentou, mas a alegria e a emoção aumentaram também, pois vou mostrar um fruto brasileiro para o mundo", comemorou o aluno. 

Durante o evento, o professor Zilmar Timóteo Soares recebeu o título de Cientista Ambiental, concedido pela Sociedade Latino Americana de Ciência e Tecnologia Aplicada A. C, com sede no México, pela sua participação no projeto. O trabalho foi selecionado pela Infomatrix Brasil e vai representar a Unitins na Infomatrix mundial. O trabalho ainda foi selecionado para publicação no periódico digital de pré-iniciação científica InCiência, como mérito pelo desempenho na Mostratec 2017.

A coordenadora do curso de Enfermagem professora Hanari Santos de Almeida Tavares avalia que a premiação é resultado de um intenso trabalho de pesquisa do acadêmico e do seu orientador. “Estamos extasiados com a conquista, pois o projeto de pesquisa aborda um tema bastante relevante no combate à imunodeficiência e utilizando algo que é bastante comum na nossa região, o babaçu", destacou a coordenadora, salientando que a iniciação científica é uma preocupação da Instituição desde os primeiros anos da graduação.

Compartilhe esta notícia