Polícia Militar prende quadrilha que explodiu caixa eletrônico na UFT em Palmas

06/12/2017 - Mariele França/Governo do Tocantins

Policiais Militares do 1° Batalhão da Polícia Militar (1° BPM) em Palmas, prenderam, no final da tarde dessa terça-feira, 5, quatro homens suspeitos de explodirem o caixa eletrônico da Universidade Federal do Tocantins (UFT), na madrugada do mesmo dia.

Após o registro da ocorrência, as equipes da PM fizeram diligências para prender os suspeitos. Por meio de denúncias, os policiais conseguiram localizar um dos envolvidos na Quadra 906 Sul, que segundo informações, seria o líder da quadrilha.

Durante a abordagem, o suspeito confessou a participação no crime. Com ele, foram encontrados R$ 1 mil, que seriam para pagar a pessoa que seria o olheiro da quadrilha. O homem informou onde estariam os outros dois participantes e os policiais seguiram para a Quadra 606 Sul, onde encontraram os homens, R$ 9 mil e um cartucho de emulsão explosiva, além de um aparelho de ar-condicionado e uma televisão.

O suspeito apontado como líder da quadrilha relatou que foi usado um jet ski, de uma quarta pessoa envolvida, um soldado do exército, para realizar o transporte dos criminosos e facilitar a fuga pelo lago. Foram utilizados ainda dois automóveis que serviram de apoio, sendo um fiat Uno e um Golf.

Na casa do quarto indivíduo, na Quadra 607 Norte, os policiais localizaram o jet ski, o veículo golf, várias munições de uso restrito calibre 7.62, duas camisas da Polícia Civil e R$ 8 mil.

Todos os suspeitos foram encaminhados à Superintendência da Polícia Federal, juntamente com os veículos, dinheiro e demais produtos apreendidos.

Compartilhe esta notícia