Transferência da sede do Governo movimenta primeira capital tocantinense

07/12/2017 - Wherbert Araújo/Governo do Tocantins

Na manhã desta quinta-feira, 7, a dona de casa Maria Rodrigues da Silva, moradora da Rua Osvaldo Vasconcelos, em Miracema do Tocantins, há 40 anos, observa da porta de casa as cerimônias em homenagem à primeira Capital do Tocantins, que, em 7 de dezembro de 1988, após a promulgação do artigo 161 da Constituição Federal, instituiu a cidade como capital do Estado durante um ano, antecedendo as obras de fundação e construção de Palmas.

 A dona de casa festeja as homenagens à cidade onde ela criou dez filhos. “Aquele ano passou muito rápido, mas nunca esquecemos. Nos dias de hoje, Miracema continua uma cidade calma e bonita e eu tenho muito orgulho de morar aqui", ressalta Maria Rodrigues.

Compondo uma das oito cidades da região Central do Estado, durante os anos seguintes à criação do Tocantins, o município localizado à margem esquerda do rio Tocantins observou o crescimento do Estado e o surgimento da nova Capital. Mas, o fervilhar do surgimento do Tocantins não deixou a cidade no esquecimento. Atualmente, um importante polo de fruticultura, em especial o abacaxi, a cidade aproveita a proximidade com Palmas, mantendo o ritmo interiorano e o potencial econômico que ganhou destaque com a chegada da Ferrovia Norte-Sul. 

De acordo com o governador Marcelo Miranda, a data deste dia 7 é momento de se orgulhar do passado, olhando para o futuro. “O momento agora é de unir os nossos ideais. Hoje, temos a oportunidade de ver os vagões da Ferrovia passando por Miracema. Quero saudar Miracema e região por este momento histórico e de festa. Hoje, olhamos para o passado sim, certos de que estamos construindo um futuro com dias melhores. Temos a consciência de que podemos avançar. Somos parte de uma história construída por muitas mãos. Todos os tocantinenses podem dizer que contribuíram para a construção do nosso Estado”, afirmou o governador

Sonhos

Para o gari Adão Soares, que se mudou do Maranhão há 40 anos para Miracema, a satisfação em morar na antiga Capital é muito grande. “Eu já morei fora, mas voltei. Amo essa cidade e aqui é o meu lugar", afirma.

Quem também se sente feliz em viver na pequena cidade tema de música famosa é a estudante Ana Paula Franco, de 19 anos. Ainda sem decidir qual o curso superior que pretende estudar, ela alimenta o sonho de se tornar uma jogadora famosa de futebol. “Se tiver que ir embora atrás dos meus sonhos, eu vou. Mas sempre voltarei pra minha cidade”, afirmou a estudante.

Compartilhe esta notícia