Saúde discute plano de trabalho para 2018

19/12/2017 - Camilla Negre e Lisane Braga/Governo do Tocantins

Consultores da Organização Pan-Americana (Opas) e técnicos da Secretaria de Estado da Saúde se reuniram nessa segunda-feira, 18, para discutir as ações estruturantes que foram planejadas e executadas no último semestre de 2017 e projeção de novas ações para o primeiro semestre do ano que vem.

Segundo Florêncio, especialista para Sistemas e Serviços de Saúde da Opas, a cada ano, a secretaria renova seus compromissos com a gestão municipal. “A SES [Secretaria de Estado da Saúde] do Tocantins faz monitoramento com os municípios, em cada uma das regiões de saúde do Estado, e fortalece os hospitais regionais para que cumpram seu papel com regional. Nosso foco é melhorar a rede estadual e cuidar melhor das pessoas onde elas vivem”, ressaltou.

A superintendente de Vigilância, Promoção e Proteção à Saúde, Liliana Fava, destacou que as ações estruturantes de governo são fundamentais para o fortalecimento e a modernização da gestão. “Estamos construindo uma programação para o primeiro semestre de 2018, sempre vislumbrando questões estruturantes, pretendemos construir ações importantes, pertinentes e que tragam resultados imediatos”, disse a superintendente.

Cuidado e Assistência

Durante a oficina, houve a apresentação do Projeto de Reestruturação e Aprimoramento dos Processos e Fluxos Internos da SES e do Fundo Estadual de Saúde, para melhorar a  gestão dos recursos do SUS, e consequentemente melhor oferta, cuidado e assistência à população do Estado.

Também foi apresentado pela equipe de consultores, o Plano Diretor Estratégico para os Hospitais Regionais de Araguaína; Gurupi; Hospital Geral de Palmas (HGP); Dona Regina e Hospital  Infantil de Palmas, com levantamento de diagnóstico e prioridades. “O Plano já está sendo implementado, a partir do próximo ano, entramos na fase de monitoramento e ações transversais, onde a ideia é que esta ação ajude a melhorar os hospitais de todo o Estado”, explica Florêncio.

O trabalho de consultoria começou a ser realizado em setembro com a visita de profissionais da Opas em cada um dos cinco hospitais para levantamento do papel de cada hospital na rede, o modelo de atenção que está sendo desenvolvido internamente e sua governança.

Participam da oficina, que segue até esta terça-feira, 19, superintendentes da Secretaria de Estado da Saúde, diretores e responsáveis técnicos de áreas importantes e estruturantes da SES.

Compartilhe esta notícia