Rede estadual de ensino recebe alunos que perderam prazo de matrículas

08/01/2018 - Seleucia Fontes / Governo do Tocantins

Cerca de 145 mil alunos, entre veteranos e novatos, já estão matriculados nas 515 escolas estaduais do Tocantins. Em 2018, a rede estadual terá capacidade para atender 180 mil estudantes em todos os municípios tocantinenses. As aulas terão início no dia 22 de janeiro.

“As matrículas foram encerradas dia 22 de dezembro, porém, continuamos aceitando novos alunos. Temos vagas suficientes para atender toda a demanda do Estado”, afirma Jucylene Borba Dias, superintendente de Desenvolvimento da Educação da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc).

De acordo com Jucylene, em 2017 as matrículas foram antecipadas para garantir que todos os alunos da rede pudessem ter acesso às vagas nas escolas estaduais para o ano letivo de 2018. “Com o cronograma antecipado de matrícula, as turmas para 2018 poderão ser organizadas com mais tempo, para facilitar a lotação dos professores”, explica.

Procedimentos

Alunos novatos, ou aqueles que porventura tenham perdido os prazos de matrícula podem procurar diretamente as escolas. São documentos obrigatórios a certidão de nascimento ou casamento; o histórico escolar ou declaração (válida por 30 dias) nos casos de transferência; o comprovante do serviço militar para alunos do sexo masculino entre 19 a 45 anos (exceto aos alunos indígenas); a carteira de identidade e o CPF (quem não possuir terá um prazo para apresentação na secretaria da escola); a cópia atualizada do comprovante de endereço e uma foto 3x4 recente.

A matrícula de alunos com idade entre 15 e 17 anos, no turno noturno, é condicionada à apresentação de carteira de trabalho, declaração do empregador, declaração de trabalhador autônomo ou declaração expressa do pai ou responsável por aluno menor de idade, autorizando a matrícula no noturno.

Para se matricular na Educação de Jovens e Adultos (EJA), as idades mínimas são de 15 anos completos para o 1º e 2º segmentos (correspondentes às séries iniciais e finais do ensino fundamental, respectivamente); e de 18 anos completos, para os interessados em cursar o  3º segmento da EJA (ensino médio).

Compartilhe esta notícia