Estudo aponta crescimento recorde da área plantada de soja no Tocantins para safra 2011/12

13/07/2011 - 10:50 - Valmir Araújo

Divulgação/Seagro

Estudo da consultoria Agência Rural prevê novo crescimento da área plantada de soja no Brasil e no Tocantins, que deverá ser o 4º no ranking nacional

Um estudo da consultoria Agência Rural prevê que a safra de soja brasileira para 2011/12 deve atingir um recorde de área plantada, com 24,92 milhões de hectares, ou seja, um aumento de 764 mil hectares em comparação com safra 2010/11. Ainda de acordo com a Agência Rural, o Tocantins deverá ser o quarto maior em avanço de área plantada de soja, com 45 mil hectares a mais que a última safra, um crescimento de mais de 11%. Na frente do Tocantins estão apenas o Mato Grosso, Maranhão e a Bahia.

O Brasil é o segundo produtor e exportador de soja do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Se confirmada a previsão de crescimento, será o quinto ano consecutivo que o país registrará aumento de área plantada de soja.

Com base na intenção de plantio estimada pela consultoria, a tendência é que a produtividade brasileira de soja possa atingir 73,4 milhões de toneladas. De acordo com a Agência Rural, os bons preços da soja na Bolsa de Chicago, que já garantiram uma antecipação sem precedentes da comercialização da safra brasileira 2011/12, devem ser responsáveis também pelo recorde de área plantada.

Na última safra, o Brasil registrou produtividade recorde, superior a 3.100 kg por hectare, segundo a Conab - Companhia Nacional de Abastecimento. No caso da produtividade recorde se repetir em 11/12, o Brasil poderá ter a maior safra da história novamente.

Estados

O maior incremento absoluto na área acontecerá no Mato Grosso, com 292 mil hectares a mais, uma alta de 4,6%. Outra fronteira que deve ter crescimento expressivo de área é o Maranhão, cujo avanço é estimado em 152 mil hectares, percentual de 29,3 a mais. Em seguida, aparece a Bahia, com aumento de 86 mil hectares e o Tocantins, com 45 mil.

No Piauí, o aumento de área será mais modesto, de 37 mil hectares, índice de crescimento de 9,8%, um acréscimo limitado pelo maior interesse dos produtores em plantar mais milho para abastecer o Nordeste, avaliou a consultoria. Para Goiás e Mato Grosso do Sul (Centro-Oeste), a expectativa também é de aumento na área da oleaginosa, com incremento de 76 mil hectares para os goianos, mais 2,9%, e de 40 mil hectares para os sul-mato-grossenses. (Com informações da Agência Reuters)

Compartilhe esta notícia:

Outras notícias

Inscrições para capacitação de professores em Língua Brasileira de Sinais estão abertas a partir desta segunda Programa de Formação tem pré-inscrições abertas até dia 13 Governo recebe empresários e analisa proposta para promover a expansão da Ceasa no Estado Com parceria do Governo do Estado, laboratório de classificação de grãos entra em funcionamento em março Governador Marcelo Miranda prestigia inauguração de unidade do grupo JBS no TO Comprovante de rendimentos para declaração do Imposto de Renda ja está disponível para os servidores Vice-governadora reforça apoio a projetos na região rural da Capital Cirurgias neurológicas são garantidas pelo Governo do Estado no Hospital Geral de Palmas Marcelo Miranda faz avaliação positiva de agenda em Brasília e mostra otimismo com recepção Banco de leite do Hospital Dona Regina busca doadoras; estoque está abaixo do necessário para a demanda Ministro da Saúde promete ajudar Estado a sair da crise Governo do Estado libera mais de R$ 10 milhões para as escolas Ruraltins prorroga prazo para cadastro ao Programa de Aquisição de Alimentos Fiscais apreendem mais de oito mil metros de redes de pesca durante a piracema Ministério das Comunicações garante agilidade na regularização de outorga da Redesat Levantamento da Polícia Militar aponta redução de furtos e roubos no sul do Estado Governo do TO garante atendimentos a população caso haja suspensão dos plantões extras Cadastro Ambiental Rural do Tocantins passa por avaliação técnica do BNDES para acompanhar desenvolvimento Potencial do Tocantins para investimentos na área de agronegócio é apresentado a cooperativa paranaense Mais de 36 mil alunos da rede estadual fazem provas do Sistema de Avaliação do Estado do Tocantins