Adetuc e consultores reúnem-se para definir implantação do Observatório do Turismo do Tocantins

10/09/2019 - Wladimir Machado/Governo do Tocantins

Com objetivo de iniciar o planejamento para realização do levantamento de dados para implantação do Observatório do Turismo do Estado do Tocantins, a Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), por meio da Superintendência do Turismo, realizou nesta terça-feira, 10, na sede do órgão, uma reunião com os representantes da empresa espanhola de consultoria Iber Geo e da Pires & Associados, quem compõem o consórcio vencedor do processo licitatório internacional, com recursos do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS).

Neste primeiro encontro, os consultores apresentaram experiências de Observatórios da cidade de São Paulo, dos estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Bahia e Espírito Santo, bem como de Buenos Aires (Argentina) e Guadalajara (México), revelando seus diferencias. Também explicaram quais serão as próximas etapas, a serem concluídas até o mês de janeiro: definição do modelo de governança a ser adotado e elaboração do Boletim de Desempenho Econômico do Turismo do Tocantins.

De acordo com a superintendente do Turismo, Maria Antônia Valadares, a proposta é integrar o Fórum Estadual de Turismo (Foestur), que envolve as entidades do trade turístico e outras instituições, e as sete instâncias de governança, que incluem prefeituras e empresários nas discussões relacionadas ao planejamento estratégico e operacional do Observatório, sendo que será agendada reunião com os consultores, o presidente da Adetuc, Tom Lyra, e o Foestur.

Também foi discutido o processo de planejamento para realização do levantamento de dados de toda cadeia do turismo do Estado, a exemplo do fluxo de visitantes, cadastro dos equipamentos (meios de hospedagens, restaurantes, guias, agências, transporte, roteiros, eventos, dentre outros). Judith Muntal, da Iber Geo, enfatizou a importância da sistematização dos processos de análise, que deverão seguir parâmetros internacionais.

As informações levantadas por meio de estudos e pesquisas serão disponibilizadas no portal do Observatório do Turismo do Tocantins, onde os turistas, investidores, operadoras terão acesso ao panorama da atividade turística com base nos indicadores. “Desta forma, será possível a geração de pautas positivas, fundamentadas em dados confiáveis”, completou Fábio Montanheiro, que atuou no Observatório de São Paulo.

Judith Muntal e Jeanine Pires lembraram que, no primeiro momento, o grupo irá trabalhar na compilação de dados já disponíveis, disponibilizados pela Adetuc e outras entidades. Representando a Secretaria de Fazenda e Planejamento, o gestor público Joaquim Eduardo Cifuentes enfatizou que é preciso pensar em uma coleta sistemática de informações, e lembrou que o site da pasta possui a disposição os perfis econômicos de todos os municípios do Estado. “Temos um Estado muito rico, e pouco conhecido a partir de dados”, enfatizou.

“O Observatório do Turismo analisa o comportamento do setor, contribuindo para que o destino se torne cada dia melhor para seus visitantes e moradores, além do compartilhamento de informações que são importantes aos profissionais, especialistas, acadêmicos, e, principalmente, aos  dirigentes públicos e privados para auxiliar na tomada de decisão”, ressaltou o presidente da Adetuc, Tom Lyra, ressaltando que o estudo está previsto para ser totalmente concluído no prazo de 180 dias e que os dados levantados serão apresentados ao governador Mauro Carlesse, com intuito de aprimoramento e desenvolvimento do setor turístico do Tocantins, medindo o impacto econômico e social da atividade.

(Colaborou: Seleucia Fontes)

Compartilhe esta notícia