Balanço Secretaria da Juventude

30/12/2003 - Ruy Bucar

Um orçamento de quase R$ 4 milhões e a responsabilidade de criar mecanismos de inserção do jovem no processo de desenvolvimento do Estado garantindo assim que a juventude tenha uma maior participação no processo de consolidação do Tocantins. Esse foi desafio da Sejuv - Secretaria de Estado da Juventude no primeiro ano do governo Marcelo Miranda que coloca a promoção da juventude como um dos três pontos mais importantes da sua administração. Entre as várias ações desenvolvidas pela Sejuv, ao longo deste ano, destacam-se ações como a instituição da Política Estadual Antidrogas, o Programa Bolsa Cidadã, Conselho Estadual da Juventude, Projeto Movimento Jovem e a criação do Espaço Jovem Arte e Cultura.Política Estadual AntidrogasA Política Estadual Antidrogas do Tocantins obedece a diretrizes e estratégias da política nacional antidrogas, que observa que a solução desse grave problema social, de dimensão internacional, exige um grande esforço dos governos, da sociedade, da família, da Igreja e de todos os segmentos organizados, que juntos terão força para enfrentar a ofensiva das drogas que ameaça a todos. A política estabelece um procedimento básico no que se refere ao combate às drogas. Prevê o desenvolvimento de uma série de ações de prevenção, reforça o trabalho de repreensão ao uso indevido de drogas e ainda garante a oferta de serviço de assistência ao dependente químico, bem como a sua reinserção social.A Política Estadual Antidrogas, criou um mecanismo que possibilita a integração de todas os órgãos públicos numa grande mobilização contra as drogas. A iniciativa foi elogiada pela Secretaria Nacional Antidrogas, Senad, que pretende estimular outros estados a realizar experiências como esta. A I Semana Estadual Antidrogas, organizada pelo Grupo de Trabalho Intersecretaria - GTI, é resultado desse compromisso do governo de garantir uma atuação conjunta de todos organismos vivos da sociedade no combate às drogas. Curso de capacitação, blitz educativa, palestras, além de atividades esportivas e culturais fizeram parte da programação da semana que marcou um novo comportamento no enfrentamento desse que é considerado o mais grave problema da sociedade moderna. Concurso de jornalismoJornalismo a serviço da cidadania. A informação como instrumento de prevenção. Esse foi o objetivo do I Concurso Estadual de Jornalismo – A informação é a melhor prevenção que premiou os melhores trabalhos sobre prevenção do uso indevido de drogas veiculados em jornais e revistas do Tocantins. Foram vencedores do concurso as seguintes matérias: O Obscuro Mundo das Drogas, assinada pela jornalista Cidiane Carvalho, do Jornal O Girassol, Combate às drogas – Estado e sociedade na luta contra este mal, da jornalista Shirley Cruz, do Jornal do Tocantins e Família, refúgio ou caminho para as drogas?, assinada pela jornalista Rose Mara Vidal, do Jornal Folha Popular.Bolsa CidadãO Bolsa Cidadã é um programa de renda mínima voltado para a proteção e promoção de famílias em situação de vulnerabilidade social. Os beneficiados, jovens de 15 a 18 e adultos com idade acima de 30 anos, recebem uma bolsa-incentivo que varia de 65,00 a 72,00 reais para atuar em atividades sociais, o que contribui com a melhoria da qualidade de vida das comunidades locais. O programa além de combater a ociosidade ainda prepara os beneficiados para a inserção no mercado de trabalho, oferecendo a eles cursos de capacitação e treinamento em diversas áreas. O Programa Bolsa Cidadã teve inicio em janeiro de 2002 tendo, neste dois anos de funcionamento, alcançado ótimos resultados. Ao todo beneficia 18.112 pessoas, através de duas linhas de ações – Força Jovem da Cidade e Agente de Apoio à Força Jovem, que são desenvolvidas em todos os municípios do Estado. O Força Jovem atende a 12.075 jovens de 15 a 18 anos, oriundos de família de baixa renda com bolsa-incentivo no valor de R$ 66,00. Já o Agente de Apoio à Força Jovem beneficia 6.037 adultos com idade acima 30 anos, cuja bolsa é de R$ 72,00.Projeto Movimento JovemO projeto Movimento Jovem, Uma Vida Melhor, Sem Drogas; que através de vídeo, cartilhas e panfletos trabalha a conscientização do público jovem contra o uso de drogas é a terceira versão do Projeto Movimento Jovem, que já trabalhou o Associativismo Jovem e Movimento Estudantil, experiências que deram bons resultados tendo contribuído para incentivar a mobilização da juventude, sobretudo orientando os jovens a se organizarem em associações que visem o bem comum, promovendo o protagonismo juvenil.Conselho Estadual da JuventudeO Conselho Estadual da Juventude é um órgão consultivo e deliberativo do governo do Estado no âmbito da juventude, articulado e orientado pela Secretaria da Juventude. No seu segundo ano de atuação o conselho tem contribuído para o debate, elaboração e efetivação da políticas públicas de Juventude; além de reforçar o protagonismo juvenil através de uma série de ações desenvolvidas pelos conselheiros em suas regiões.Espaço Jovem Arte e CulturaO Espaço Jovem é um espaço de arte dedicado ao público jovem, onde serão realizadas oficinas, palestras e exposições de artes plásticas. Um palco de manifestações culturais do juventude tocantinense, que na opinião do secretário Rogério Ramos, contribuiu para despertar no meio na juventude um maior interesse pela arte ao mesmo tempo em que ajudou a revelar novos talentos. O projeto que transformou o saguão da sede da Secretaria da Juventude em Espaço de Arte, foi inaugurado em novembro com oficina de charge, que atendeu a integrantes do Bolsa Cidadã, ministrada pelo cartunista Geuvar Santos.Show da JuventudeGrandes nomes da cultura tocantinense subiram ao palco do Show da Juventude utilizando a arte como instrumento de conscientização, mas também abrindo espaço para a promoção dos novos talentos. O Show contou com a participação de mais de 20 grupos musicais, a exemplo das Bandas Liberou Geral, Papo Cabeça, e Nova Estrada, nomes de destaque da música tocantinense como Orley Massoly, Dorivã, Jorge Brasil, Aluísio Alves, Demmy e Daniel, Além de novos talentos na dança e teatro, como Fisionomia do RAP, Pollo 5, Grupo de Teatro Verbo Vivo que vestiram a causa do combate às drogas, levando uma mensagem de Uma vida melhor, sem drogas.

Compartilhe esta notícia