Brigadistas são selecionados para atuar nas Unidades de Conservação do Estado

11/06/2019 - Tânia Caldas/Governo do Tocantins

O Governo do Estado por meio do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), irá selecionar 60 brigadistas para atuar no Estado, na Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais, nas Unidades de Conservação de Proteção Integral e seus entornos. Para trabalhar 40 horas semanais, o brigadista terá um salário de R$ 1.000 mensais.

Os candidatos aprovados serão contratados baseados na Lei Federal nº 8.745/93 e na Lei Estadual nº 1.978/08, para exercer atividades por um período de até seis meses, ou seja, dentro do período de estiagem no Estado. As inscrições serão gratuitas e vão ocorrer entre os próximos dias 12 e 14. Os testes de caráter eliminatórios e classificatórios serão realizados no dia 19/06/2019, nas Unidades de Conservação e na sede do Naturatins.

Na visão do presidente do Naturatins, Marcelo Falcão, a contratação dos brigadistas irá reforçar o trabalho de preservação e combate aos Incêndios Florestais, juntamente com as brigadas que serão contratadas pelas prefeituras dos municípios que tem nas suas proximidades unidades de conservação. “Para este período de seca, o Naturatins está inovando e vai contratar brigadistas para as Áreas de Proteção (APA) Lago de Palmas e Serra do Lajeado. Desta forma, além de preservar a fauna e a flora, a população destas regiões terão mais qualidade de vida”, considerou.  

Para os interessados em atuar na APA Lago de Palmas e na área do Centro de Fauna do Tocantins (Cefau), as inscrições serão realizadas na sede do Naturatins em Palmas. Os candidatos que quiserem trabalhar nos Parques Estadual do Cantão, Jalapão e Lajeado, as inscrições serão nos escritórios das respectivas unidades de conservação, ou ainda na sede do Naturatins. 

Para trabalhar na APA Serra do Lajeado, a inscrição será na sede da APA. Já os interessados em atuar no Monumento Natural das Árvores Fossilizadas do Tocantins (Monaf), as inscrições devem ser efetuadas no escritório da sede.

“Caso o candidato resida em outras regiões, mas está em trânsito passando por Palmas, ele pode se dirigir a sede do Naturatins com toda a documentação e realizar sua inscrição", disse o responsável pela Segurança Contra Incêndio Predial e Proteção das Unidades de Conservação do Naturatins, Tenente Coronel Bombeiro Peterson Ornelas. 

Para a contratação, o candidato à vaga deverá ser alfabetizado, ter noções de prevenção, controle e combate a incêndios florestais e apresentar atestado médico. Entre as atividades, o candidato aprovado, irá executar ações relacionadas ao Manejo Integrado do Fogo, tais como monitoramento, prevenção, preparação, combate e uso do fogo. Além de saber utilizar adequadamente os equipamentos de proteção individual (EPIs).

Dentro das atividades dos brigadistas, haverá ações sobre conscientização, orientação e educação ambiental relacionada às queimadas e incêndios florestais. Cabe também a coleta de sementes, produção de mudas, recuperação de áreas degradadas e de alternativas ao uso do fogo na agropecuária.

Combate de incêndios florestais

Haverá também execução de tarefas de abertura, construção e manutenção de aceiros, estradas, caminhos e outras atividades que facilitem as ações de deslocamento da brigada, a contenção e extinção de incêndios florestais, além de apoio e execução de queimadas controladas ou prescritas, realização de atividades de vigilância e monitoramento e combate de incêndios florestais, com o cumprimento de técnicas e procedimentos de segurança, entre outras.

O Tenente Coronel Bombeiro Peterson Ornelas, alerta para a apresentação dos documentos no ato da inscrição. “O candidato deve preencher um formulário e entregar o currículo preenchido, em letra de forma legível, juntamente com os respectivos documentos comprobatórios como Carteira de Identidade, CPF, CNH, Título de Eleitor [comprovantes das duas últimas votações]” explica.

Também é necessária a apresentação de Certificado de Alistamento Militar, Certidão de Nascimento ou Casamento, Inscrição no PIS/PASEP, Comprovante de Residência, atualizado, Certidão negativa de antecedentes criminais, Tipo Sanguíneo e Fator RH, além de documentação que comprove os dados bancários atualizados.

Após a análise dos currículos, os candidatos serão convocados para realizar o Teste de Aptidão Física (TAF) e o Teste de Habilidades e Uso de Ferramentas Agrícolas (THUFA) de caráter classificatório. A prova tem como objetivo avaliar a resistência muscular, aeróbica e a capacidade cardiorrespiratória dos candidatos, numa distância percorrida de 2.400, metros. Ao candidato também será solicitada a confecção de um aceiro de 15 m².