Cerca de 42 mil estudantes participam da avaliação diagnóstica da rede estadual de ensino

20/03/2019 - Núbia Daiana Mota/Governo do Tocantins

Com a finalidade de analisar a qualidade do aprendizado na rede estadual, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) aplicará, nos dias 21 e 22 de março, a avaliação diagnóstica do Sistema de Avaliação do Estado do Tocantins (Saeto). As provas são destinadas aos alunos do 2º, 5º e 9º ano do ensino fundamental e dos anos finais do ensino médio: 3ª série regular e integral, 3º período da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e da 4ª série do médio integrado.   

Para as turmas de 2º e 5º anos do ensino fundamental, serão avaliadas as áreas do conhecimento de Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias; para as turmas de 9º ano do ensino fundamental, a 3ª série, 3º período EJA e 4ª série integrado serão avaliados nas áreas de Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Conforme a titular da Seduc, Adriana Aguiar, além de avaliar a qualidade do ensino e da aprendizagem na rede estadual, a partir dos resultados do Saeto, será possível o estabelecimento de metas para a melhoria do ensino ofertado nas escolas estaduais do Tocantins.  Além disso, as avaliações são instrumentos para direcionar os currículos escolares em conformidade com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). 

“A avaliação diagnóstica tem por objetivo identificar se os estudantes apresentam as habilidades e os pré-requisitos para os processos de ensino e aprendizagem, além de possibilitar a reflexão sobre as causas das dificuldades, para que as equipes pedagógicas possam planejar ações e estratégias de intervenções, no intuito de promover o desenvolvimento integral dos estudantes. Além disso, as avaliações são instrumentos para implementar as políticas púbicas da Educação", explicou Adriana.