Controladoria prepara relatório de auditoria das contas de órgãos e entidades do Executivo

14/02/2020 - Gabriela Glória/Governo do Tocantins

Após ter recebido as prestações de contas de todos os ordenadores de despesas, a Controladoria-Geral do Estado (CGE) prepara os relatórios de auditoria dos processos de cada pasta. Estes se referem às contas do exercício 2019 de órgãos e entidades do Executivo Estadual.

Conforme determina o Decreto Estadual n° 6.037/2020, é por meio da análise de cada peça desses processos que a aplicação de recursos em cada área da gestão pública é avaliada. “Nossa equipe analisa as informações financeiras e contábeis, o cumprimento de metas do Plano Plurianual e da Lei de Diretrizes Orçamentárias, os processos licitatórios, a política de recursos humanos, patrimônio e almoxarifado de cada pasta”, explica o superintendente de Gestão e de Ações de Controle Interno da CGE, Benedito Martiniano da Costa Neto.

Transparência 

Após a fase de auditoria, o relatório é analisado pelo gestor da CGE, que emite um parecer. “ Por meio de toda a análise feita, a Controladoria atua de modo a contribuir para que as informações das contas do Executivo sejam prestadas ao órgão de controle externo, em cumprimento a todas as exigências legais, o que traz transparência aos gastos do Governo”, ressalta o secretário-chefe da pasta, Senivan Almeida de Arruda.   

Com a conclusão da fase de análise pela CGE, estes são devolvidos às respectivas pastas para o pronunciamento dos ordenadores de despesas. Por fim, todos os processos, relatórios e pareceres são entregues pela CGE ao Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO). O prazo para entrega, instituído pela Instrução Normativa n° 007/2004 do TCE, é de até o dia 29 de fevereiro. A data representa o sexagésimo dia do ano subsequente ao último exercício financeiro encerrado.

Compartilhe esta notícia