Evento científico de Engenharia de Alimentos conta com apoio do Governo do Estado

08/11/2019 - Stefani Cavalcante / Governo do Tocantins

Com o tema, Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade: bases para o futuro da Indústria de Alimentos, a Universidade Federal do Tocantins (UFT) promove o XV Semana Acadêmica de Engenharia de Alimentos e o II Congresso Tocantinense de Ciência e Tecnologia de Alimentos. O evento iniciou-se na última segunda-feira, 4, e encerra-se nesta sexta-feira, 8, com uma vasta programação com palestras de pesquisadores nacionais e internacionais, mesas-redondas, minicursos, visitas técnicas e apresentação de trabalhos científicos.

O evento faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e desenvolvida no Tocantins pelo Governo do Estado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt).

Palestra internacional

Segundo o Doutor em Engenharia Microbiana e Enzimática pelo Instituto Nacional de Ciências Aplicadas de Toulouse – França, Professor Javier Plácido Arrizon Gaviño, um dos palestrantes do evento, a interação entre pesquisadores e estudantes é de suma importância. “Para que haja crescimento econômico tem que haver tecnologia e para que haja tecnologia tem que haver investigação e pesquisa. Creio que, no caso do Brasil, é importante esse tipo de evento, por ser um país produtor e processador de alimentos. Com isso, o evento favorece colaborações frutíferas para que as pesquisas sejam aplicadas”, enfatizou.    

Com o tema, Pontecial de los alimentos tradicionales como fuentes de nuevas enzimas, Javier Plácido comentou sobre a importância da reflexão e discussão do assunto para a sociedade. “Se comparado o México com o Brasil, creio que o nosso país deve passar por situação similar quanto às enfermidades crônicas e degenerativas derivadas de maus hábitos alimentares que provocam problemas sérios à saúde, o que nos leva a refletir sobre a importância do consumo de alimentos saudáveis”, explicou.

O palestrante destacou ainda sobre os alimentos funcionais que trazem efeito positivo à saúde, principalmente os antioxidantes, probióticos, prebióticos, vitaminas e suplementos minerais.

Segundo o Coordenador de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia em Alimentos, Alex Fernando, a iniciativa de trazer o professor Javier Plácido para o evento foi um acordo entre a Bionorte, um programa de doutorado da região norte, e os mestrados de Ciência e Tecnologia de Alimento e Agroenergia da UFT, além do apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt) que foi de fundamental importância.

(Com supervisão de Geórgya Laranjeira Corrêa)

 

Compartilhe esta notícia