Governo disponibiliza link para acompanhamento de licenças médicas

14/01/2020 - Administração/Governo do Tocantins

Agora o servidor do executivo estadual pode acompanhar o status da sua licença médica no Portal do Servidor. A nova funcionalidade lançada pela Junta Médica Oficial do Estado, foi disponibilizada nesta terça-feira, e faz parte de um pacote de inovações que a Secretaria da Administração (Secad) e a Agencia de Tecnologia da Informação do Estado (ATI) vem desenvolvendo para facilitar e agilizar o acesso do servidor aos serviços da pasta.

Com a nova ferramenta, o servidor tem acesso aos prazos e informações da licença solicitada ou concedida, também ao histórico de licenças usufruídas ou negadas. “Como a concessão de licenças é uma peça fundamental na vida do servidor, nosso objetivo é facilitar e otimizar o acesso às informações funcionais”, afirma Márcia Varão, diretora da Junta Médica Oficial do Estado.

Segundo o secretário da Administração, Edson Cabral, esta iniciativa faz parte de uma série de investimentos do Governo do Estado em modernização administrativa, transformação digital e desburocratização de processos. “Hoje a sociedade é digital e os serviços públicos tem que se adaptar e existir nessa nova realidade. O acesso do servidor do Tocantins a essas informações em um aplicativo que está na palma da sua mão, além de agilizar o atendimento, traz mais transparência ao processo, gera menos insegurança no servidor e ainda evita filas na Junta Médica”, destacou.

Acesso

Para acessar funcionalidade, basta entrar no Portal do Servidor e em seguida clicar no ícone “Concessões Junta Médica”.

Ao clicar nessa opção, as solicitações poderão estar em quatro situações diferentes; a primeira Em análise, que é a situação inicial, ou seja, a solicitação foi cadastrada no sistema; a segunda é Pendente, para que a solicitação seja deferida é necessário que o servidor solucione a pendência que pode ser visualizada no botão detalhes; terceira é Indeferido, solicitação não cumpriu os requisitos necessário para concessão do benefício; e a quarta é Deferido, ou seja, solicitação concedida.

Em todas as situações, ao clicar em detalhes, haverá mais informações tais como, quais documentos estão pendentes e os prazos necessários. Além disso, o servidor poderá acompanhar qualquer cadastro no Ergon (Sistema de gestão de pessoas para setor público) em seu prontuário.

Compartilhe esta notícia