Governo do Estado parceiros debatem propostas para seminário sobre produção sustentável no Matopiba

10/10/2019 - Elmiro de Deus/Governo do Tocantins

O Governo do Estado por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), a Organização Internacional Brasil (CI-Brasil), órgãos estaduais e federais reuniram-se, na tarde desta quinta-feira, 10, para apresentar as propostas do Seminário Matopiba Capital Natural: um futuro de oportunidade a ser realizado em março de 2020, inicialmente previsto na Bahia. A reunião aconteceu na sala de reunião da Seagro.

O seminário é uma das ações do projeto Parceria para o Bom Desenvolvimento organizado pela CI-Brasil e visa tratar das oportunidades para a produção agrícola sustentável da região do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia (Matopiba). No seminário pretende-se reunir os principais atores envolvidos na cadeia de produção agrícola, discutindo e identificando oportunidades associadas à conservação e uso sustentável do capital natural no Matopiba, como forma de consolidar um diferencial competitivo para a produção agrícola da região.

Durante a reunião, o secretário da Seagro, César Halum, se prontificou a participar do seminário propondo, “a inserção da cadeia produtiva da carne sustentável na região do Matopiba, visando à produção de uma carne de qualidade, uma exigência mundial e que o assunto seja também incluso no projeto Parceria para o Bom Desenvolvimento”, ressaltou.  

“A Secretaria da Agricultura é uma parceira fundamental para sensibilizar os produtores na inclusão do projeto Parceria para o Bom Desenvolvimento”, destacou a gerente de produção sustentável da CI-Brasil, Karine Barcelos.

Matopiba

Além de despontar como região fundamental para o crescimento econômico do país por meio da agricultura, o Matopiba pode se consolidar como polo para o avanço de um modelo que integre desafios ambientais e sociais à busca por produção sustentável e desenvolvimento econômico. A identificação de sistemas de produção eficientes e sustentáveis e a implementação de modelos de agricultura de baixo carbono podem fazer com que Matopiba torne-se referência para o bom desenvolvimento.

Projeto

O projeto Parceria para o Bom Desenvolvimento visa promover a sustentabilidade em toda a cadeia de global de suprimentos das commodities de soja, a carne e o óleo de palma, três principais impulsionadores do desmatamento nos países onde o programa atua - Brasil, Indonésia, Libéria e Paraguai, por meio da promoção do diálogo e cooperação entre setor privado, associações de produtores, órgãos governamentais e atores da sociedade civil.

Participaram também da reunião representantes da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Superintendência Federal do Tocantins/Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SFA/MAPA) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Compartilhe esta notícia