Homem suspeito de roubo e coação a testemunha é preso pela Polícia Civil em Xambioá

27/11/2019 - Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Encontra-se recolhido na carceragem da Cadeia Pública de Xambioá, norte do Tocantins, um indivíduo de iniciais J.S.PM., de 32 anos. Ele é suspeito pelos crimes de roubo e coação em curso de processo e foi preso, em decorrência de cumprimento a mandado de prisão preventiva, quando se encontravam em sua residência, naquele município.

Conforme o delegado José Antônio da Silva Gomes, titular da 22ª Delegacia de Polícia Civil de Xambioá, o fato ocorreu no dia 3 de outubro deste ano. Assim que foi informada sobre os fatos, a equipes de investigadores da 22ª DPC iniciou as investigações, as quais resultaram na identificação do possível autor.

Ainda segundo a autoridade policial, durante o curso das investigações o suspeito procurou uma testemunha no intuito de pressioná-la a não reconhecê-lo como o autor do crime. Diante dessa intercorrência, a autoridade policial representou ao Juiz da Comarca pela prisão do indivíduo a qual foi deferida e cumprida nesta quarta-feira. Com a prisão do conduzido, as investigações não sofrerão mais influência do acusado.

O delegado ressaltou também que J.S.P. além de cometer o crime de roubo, também incorreu no crime de coação no curso de processo, que é quando a testemunha sofre alguma espécie de ameaça que vem a atrapalhar o resultado das investigações e instrução criminal.

J.S.P., que já possui passagens pela polícia por outros crimes, foi submetido a exame de corpo delito e encaminhado à Cadeia Pública de Xambioá, onde aguardará a manifestação do Poder Judiciário. A Polícia Civil reitera seu compromisso com a sociedade tocantinense e continuará empreendendo todos os esforços para que os investigados recebam do Poder Judiciário as sanções previstas na Lei.

Compartilhe esta notícia