Instituições públicas e privadas articulam estratégias para a temporada de praia 2018

20/03/2018 - Patrícia Saturno/Governo do Tocantins

Importante instrumento de geração de renda para grande parte dos municípios tocantinenses, a temporada de praia, realizada anualmente nos meses de julho e agosto, começou a ser articulada. Uma reunião envolvendo diversos órgãos governamentais e não governamentais foi realizada, com o propósito de reunir esforços e otimizar recursos para a realização da temporada 2018.

Articulada pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), a reunião abordou temas como: ações de segurança pública, fiscalização, educação ambiental, fomento, qualificação, promoção turística, dentre outros. À frente do encontro, o superintendente de Desenvolvimento Turístico da Seden, James Possapp, enfatizou a importância do trabalho em conjunto com órgãos e instituições em cada eixo de ação, como estratégia para maximizar resultados.

“Estamos passando por um período em que todos os agentes se veem com a tarefa de fazer muito com poucos recursos e essa união de esforços é o melhor caminho para alcançarmos o objetivo de realizarmos uma temporada com qualidade, segurança e diversão, como é esperado pelo tocantinense durante todo o ano”, informou James.

Tanto o superintendente quanto os parceiros presentes destacaram a necessidade de os municípios se planejarem com antecedência para a temporada. Para isso, James Possapp reforçou que já está disponível, na página institucional da Seden, o Manual da Temporada de Praia, que apresenta todos os trâmites e os procedimentos a serem seguidos para que os municípios tenham suas praias regularizadas.

A temporada de praia é tradicional nos municípios tocantinenses localizados à beira de rios como o Tocantins e o Araguaia. É um período que garante a diversão do tocantinense e de turistas de diversos estados, aumentando o fluxo de visitantes e fomentando a economia local.

Além da Seden, desta primeira reunião, realizada na última quinta-feira, 15, no Memorial Coluna Prestes, em Palmas, participaram representantes das secretarias de Estado da Infraestrutura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos e da Comunicação Social; dos institutos Natureza do Tocantins (Naturatins) e de Desenvolvimento Rural (Ruraltins); da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar, da Marinha do Brasil (Capitania Fluvial do Araguaia/Tocantins), do Serviço Social do Comércio (Sesc), do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

Veja também outras notícias