Mais de 460 famílias de produtores em Araguaçu e Sandolândia receberam cestas básicas do Governo do TO nesta terça

26/05/2020 - Rafael Miranda/Governo do Tocantins

Nesta terça-feira, 26, mais de 460 famílias que vivem em 11 assentamentos situados nas regiões de Araguaçu e Sandolândia, foram atendidas com a entrega de cestas básicas pelas equipes do Governo do Tocantins.

Trata-se do projeto Tocantins Contra o Coronavírus, uma iniciativa do governador Mauro Carlesse que, neste mês de maio, determinou a entrega de cestas básicas para atender milhares de famílias de pequenos agricultores que estão sentindo os impactos econômicos da pandemia.

Quem já recebeu sua cesta básica na porta de casa, foi a agricultora Irade Araújo, 52 anos, que mora no assentamento Barro Alto - 75 km de Araguaçu. Desde o início das recomendações de distanciamento social - que servem para conter o avanço do novo Coronavírus - Irade contou que ela e a família estão deixando de sair de casa, temendo a contaminação, já que o esposo faz parte do grupo de risco da doença.

"Meu marido é diabético, então temos que tomar cuidado. Quando a gente sai para algum lugar é sempre usando máscara, e assim voltamos todo mundo corre para lavar a mão. Estamos com medo dessa doença", comentou.

De acordo com o presidente do Ruraltins, Thiago Dourado, a iniciativa do governador Mauro Carlesse é justamente fazer com que as famílias evitem sair de casa. "A entrega dessas cestas básicas garante a segurança alimentar das comunidades rurais, e quem está com dificuldades de produzir ou vender nesse tempo de crise pode contar com o nosso trabalho. Nenhuma família da região vai ficar de fora", garantiu.

Programa Oportunidade

Uma das missões encabeçadas pelo Ruraltins está em buscar formas de desenvolver mais a produção no campo, auxiliando os produtores por meio de ações de extensão rural e assistência técnica. 

Atualmente, a propriedade em que mora a senhora Irade é uma das atendidas pelo programa Oportunidade, desenvolvido por meio de convênios firmados pelo Instituto. 

O técnico em agropecuária Domingos Bandeira, que atua no escritório do Araguaçu, informou que o objetivo do programa é fornecer atendimento para os pequenos agricultores, dando condições para ampliar a agricultura familiar nos assentamentos. 

"O programa busca desenvolver aquilo que o produtor já cultiva na sua terra. A ideia é mudar a mentalidade no campo, levando assistência com informação e novas tecnologias, mostrando para o produtor que ele tem condições de crescer dentro do agronegócio", esclareceu. 

Dona Irade contou que foi por meio do Programa Oportunidade que viu sua produção de leite e frangos aumentar no ano passado, e que aguarda o fim da pandemia para retornar com os planos de investir na propriedade. 

"Vamos esperar passar os tempos difíceis. Com esse vírus aí, a coisa parou um pouco aqui na roça. Felizmente, consegui vender alguns frangos na semana passada, mas essa cesta básica aqui é um alívio pra gente, agora dá para esperar mais um pouco", concluiu a produtora rural.

Cestas Básicas

A ação está sendo desenvolvida pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), que já finalizou as entregas de alimentos no Bico do Papagaio e agora segue percorrendo a região sul do estado.

 

Revisão: Jakelyne Monteiro

Compartilhe esta notícia