Operação integrada da Polícia Militar e órgãos de Segurança municipais apreende 44 motos em Palmas

22/06/2020 - Luana Barros/Governo do Tocantins

Uma ação da Polícia Militar do Tocantins (PM), coordenada pelo 1º Batalhão da Capital, juntamente com outras unidades e órgãos da Segurança de Palmas, apreendeu nesse domingo, 21, um total de 44 motocicletas e um automóvel, que realizavam manobras perigosas nas proximidades do Estádio Nilton Santos em Palmas.

Os praticantes ou condutores não tinham autorização para atuar no local e foram autuados por infrações de trânsito. No local, havia ainda consumo de bebidas alcoólicas por menores e uso de veículos em manobras perigosas que podem causar acidentes graves.

O local, que fica nos arredores do Estádio Nilton Santos, estava sendo utilizado rotineiramente por centenas de suspeitos de praticarem ilícitos na região, segundo as equipes de segurança. Em uma das manobras, os suspeitos pilotavam as motocicletas deitados sobre o tanque, o movimento é conhecido como Superman por imitar a posição do herói quando voa e é proibida pelo Código Brasileiro de Trânsito (CBT).

A operação contou com o serviço inicial de Inteligência da equipe da Agência Local de Inteligência (ALI) do 1° BPM, e foi coordenada e planejada de forma integrada pela PM, por meio do 1° BPM; pela Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana de Palmas (Sesmu), pela Agência de Trânsito, Transporte e Mobilidade (ATTM), pela Guarda Metropolitana de Palmas (GMP) e pelo Pelotão de Trânsito 1º BPM (PTRAM), além do apoio do Batalhão de Polícia Militar de Choque (Bpchoque), com o objetivo de manter a ordem pública, evitar acidentes graves e reduzir atos criminosos.

Para o supervisor de trânsito e transporte de Palmas, Paulo Cesar de Lima, é importante o trabalho em conjunto de todas as forças de segurança de forma coordenada, e que o resultado da operação é fruto de um bom planejamento feito pelas equipes envolvidas.

Já a comandante da Guarda Metropolitana da Capital, inspetora Sandra Letícia Thomazi Bordin, afirmou estar satisfeita com a operação, visto que os números superaram as expectativas e que, para ações coordenadas e planejadas como essa, a Guarda Metropolitana e a Prefeitura de Palmas serão sempre parceiras.

O comandante do 1º Batalhão, tenente-coronel João Leyde de Souza, enfatizou que a parceria e a integração entre as forças são o caminho ideal para a cidade avançar no quesito segurança e no cumprimento das medidas preventivas de combate ao novo Coronavírus.

 

Edição: Lenna Borges

Revisão: Marynne Juliate

Compartilhe esta notícia