Operação Marias: Homem suspeito de estupro e lesão corporal grave é preso

28/11/2019 - Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Em virtude do dia de mobilização nacional para cumprimento de busca e apreensão e prisões, no âmbito doméstico e familiar contra a mulher, operação denominada Marias, policiais da 2ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAM-V) de Augustinópolis, com apoio de agentes da 11ª Delegacia de Polícia Civil do município tocantinense de Araguatins, se deslocaram até o Município de Novo Repartimento, no Estado do Pará e, com a colaboração de policiais civis daquele município, deram cumprimento ao mandado de prisão, que se encontrava em aberto, em desfavor de um indivíduo de iniciais R.S.L.

O preso foi indiciado pelos crimes de estupro e lesão corporal grave e se encontrava foragido da justiça desde agosto de 2018, tendo fugido do município de Carrasco Bonito-TO após ser denunciado pela autoria dos crimes.

Dessa maneira, após diligências, os policiais civis da 2ª DEAM-V conseguiram levantar o paradeiro do indivíduo e, após troca de informações com a Polícia Civil paraense, foi possível efetuar a captura do mesmo. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, R.S.L. será encaminhado à Cadeia Pública de Augustinópolis, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

A Polícia Civil do Tocantins reforça seu compromisso institucional de combate a todo e qualquer tipo de delito e violência praticada contra mulheres e vulneráveis em todo o território tocantinense.

Compartilhe esta notícia