Polícia Civil indicia filho por ameaçar e maltratar o próprio pai em Nova Olinda

03/12/2019 - Camilla Negre/Governo do Tocantins

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 33ª Delegacia de Polícia Civil de Nova Olinda, concluiu as investigações referentes à prática de crimes de ameaça e maus-tratos praticados contra um idoso de 65 anos de idade. Segundo apurado, o idoso estava sendo constantemente ameaçado e sofrendo maus-tratos, do próprio filho F.L.S. de 38 anos.

As investigações apontaram que o filho queria para si o direito ao imóvel do idoso e que teria, inclusive, o ameaçado de morte. O idoso que vive atualmente com F.L.S. e outro filho relatou ainda à Polícia que F.L.S. ameaçou atear fogo no imóvel e em um automóvel.

Os irmãos do suposto autor, filhos da vítima, relataram que as ameaças e os maus-tratos são constantes, e que o idoso estava bastante debilitado por conta da situação vivida. O delegado Luís Gonzaga da Silva Neto, titular da Delegacia de Nova Olinda, concluiu o inquérito policial, e F.L.S. foi indiciado pela prática dos crimes de ameaça e maus-tratos contra pessoa idosa, cuja pena total pode chegar a seis anos de prisão. 

O caso foi encaminhado ao Poder Judiciário para as medidas cabíveis.

Compartilhe esta notícia