Polícia Civil prende em Paraíso homem procurado pela Operação Intramuros

28/11/2019 - Wherbert Araújo/Governo do Tocantins

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 6ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC - Paraíso do Tocantins) e com o apoio da 63ª Delegacia de Polícia de Paraíso do Tocantins, prendeu na manhã desta quinta-feira, 28, um homem de iniciais L.S.V., de 25 anos, com mandados de prisão expedidos por uma tentativa de homicídio e também como alvo na operação Intramuros, realizada em abril passado e que prendeu 67 pessoas nos estados do Tocantins, Goiás, Pará, Piauí e Mato Grosso.

Segundo o delegado Hismael Tranqueira, o homem é suspeito de integrar o esquema de revenda de drogas em Paraíso do Tocantins, na região Central do Estado. “Ele atuava em parceria com um dos principais traficantes da região que mesmo no presídio comandava o tráfico. Também existe um mandado de prisão por tentativa de homicídio de uma mulher supostamente integrante de uma facção rival de atuação nacional”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, após as medidas cabíveis, o homem será encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Paraíso do Tocantins.

Operação

Considerada a maior operação policial de combate ao crime organizado e narcotráfico no Estado, a operação foi deflagrada no dia 15 de abril de 2019. Grande parte dos alvos já cumpria penas por outros crimes nas principais unidades prisionais do Estado.

 No Tocantins, os criminosos foram presos nas cidades de Paraíso do Tocantins, Palmas, Barrolândia, Lagoa da Confusão, Marianópolis, Chapada de Areia, Cariri, Porto Nacional, Araguaína, Colinas, Guaraí e Tupirama.

Compartilhe esta notícia