Polícia Civil prende servidores públicos pela execução de obra em fazenda particular

16/10/2019 - Cláudia Santos/Governo do Tocantins

A Polícia Civil, através da 94ª Delegacia de Peixe, prendeu três servidores públicos, na tarde desta terça-feira, 15, pelo crime de peculato culposo. Eles foram flagrados construindo uma pista de aeroporto, utilizando maquinário público, em uma propriedade rural particular, no referido município.

Conforme o delegado responsável, João Paulo Sousa Ribeiro, a Polícia Civil recebeu uma denúncia sobre o caso. E diante das informações, efetuou diligência até o local, onde foram constatados os fatos.

Quando questionados, os servidores do Município, que estavam no local, informaram que a ordem da execução da obra teria partido de um dos dirigentes do Executivo do Município. Com isso, tais servidores foram conduzidos para a Delegacia, foram ouvidos e liberados em seguida. Eles devem responder por peculato culposo.

Em relação ao dirigente do Município e ao proprietário da fazenda, também foi instaurado inquérito policial por peculato.

A Polícia Civil está investigando se existem outras pessoas envolvidas nesse caso.

Compartilhe esta notícia