Produtores rurais aumentam produtividade e melhoram a qualidade de vida com apoio do Governo do Estado

03/12/2019 - Edvânia Peregrini/Governo do Tocantins

Com o serviço de assistência técnica e extensão rural desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), muitos agricultores têm se destacado e alcançado bons resultados na sua produção. O agricultor familiar Raimundo Ferreira da Silva, morador da Chácara Taquari n° 06, está em Palmas há 18 anos, e conta como esse acompanhamento de perto tem sido importante para garantir o sustento e melhorar a qualidade de vida da sua família.

“Cheguei em Palmas em 2001 apenas com a mulher e minhas quatro filhas, e muita vontade de trabalhar. Conseguimos essa terra onde vivemos até hoje, e de onde sai o sustento da minha família”, relata.

No começo, segundo o agricultor, com as filhas ainda pequenas, ele e a esposa, Iraildes Pereira Fernandes, plantavam um pouco de tudo, milho, mandioca, feijão e hortaliças. Eles colhiam e saíam de bicicleta para vender na praça do setor Taquaralto. Até que em 2007, eles começaram a receber assistência técnica do extensionista do Ruraltins, José Wilson Santana, e em 2009, a participar do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Foi a partir daí que as coisas começaram a melhorar para a família do senhor Raimundo Ferreira.

A propriedade, com cerca de cinco hectares, passou a produzir em maior quantidade e ele plantava conforme a época, desde o arroz para o consumo ao abacaxi, banana, mandioca e milho para serem comercializados em Palmas, nas feiras livres e vendidos ao PAA, por meio do Ruraltins, como também ao Pnae.

“Com as vendas, consegui melhorar a qualidade de vida da família, ampliando a casa em que moramos. Além disso, troquei a bicicleta por uma moto e conquistei o carro próprio. Esse avanço também me propiciou ajudar minha filha mais nova com a construção de uma casa, tudo isso resultado de muito trabalho na terra e conhecimento através da parceria com o Ruraltins”, avalia o agricultor.

Satisfeito com o apoio do Ruraltins e a oportunidade de comercializar seus produtos, Raimundo Ferreira destaca que a família tem sido fundamental para ver seus produtos no mercado. Além da esposa, ele conta com a ajuda da filha mais velha, Régila Pereira da Silva Lima, técnica florestal, e do neto Pedro Henrique da Silva Mendes Costa, jovem que assumiu a responsabilidade de fazer a entrega dos produtos. Já a filha é quem ajuda nas questões de documentação para participar dos programas, enquanto ele se dedica ao cultivo.

Em Palmas, a extensionista do Ruraltins, Zilda Ferreira Pires, é a responsável pelo cadastro dos agricultores familiares e entidades socioassistenciais no PAA, bem como acompanhar a aquisição e a distribuição dos produtos.

“Compramos variedades de produtos que são o excedente do agricultor familiar e fazemos toda a distribuição para as entidades cadastradas. Os produtos doados são de excelente qualidade e são distribuídos em quantidade suficiente para atender a demanda de cada entidade. São todos beneficiados, os agricultores conseguem mais uma linha para comercializar seus produtos de forma rápida e com preço justo e as instituições, que por meio do Ruraltins, encaminham a quem precisa”, explica.

Compartilhe esta notícia