Projeto Travessia da Ilha do Bananal de Bike busca apoio

15/04/2019 - Wladimir Machado/Governo do Tocantins

O representante do movimento Pedais e Trilhas do Tocantins, Jair Parriu, responsável pela organização do projeto de ciclismo do Tocantins - Travessia da Ilha do Bananal de Bike, procurou a Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), com objetivo de buscar parceria com Estado para realização do evento esportivo, que ocorrerá entre os dias 19 e 22 julho, na Ilha do Bananal.

O projeto Travessia – Vivências e Experiências está na sua 10ª edição e reúne cerca de 60 atletas que percorrem 100 km de bicicleta dentro da Ilha do Bananal. 

Segundo Jair Parriu, durante a aventura desafiadora, os atletas realizam ações sociais e práticas de responsabilidade social e intercâmbio cultural, junto às comunidades indígenas Javaé e Karajá da Ilha do Bananal, além de realização de palestras sobre doenças transmissíveis, distribuição de roupas, cestas básicas e brinquedos.

“A prática do ciclismo no Tocantins vem se intensificando a cada dia. As pessoas descobriram o ciclismo como uma forma de praticar esporte, deslocamento sustentável ou até mesmo como diversão”, informou o representante do movimento Pedais e Trilhas do Tocantins, ressaltando que o evento reúne atletas de várias partes do Brasil.

Para o presidente da Adetuc, Tom Lyra, o etnoturismo e o ecoturismo são importantes para fortalecer o turismo da região. “O fomento ao etnoturismo é muito importante para geração de renda às comunidades indígenas que vivem na Ilha do Bananal. Nesse sentido, o Governo do Estado presta todo apoio para o desenvolvimento de eventos esportivos associados ao turismo de maneira sustentável”, destacou.