Seminário discute roteiro místico no Tocantins

05/07/2005 - Olga Cavalcante

Um roteiro místico-religioso que percorre atrativos de Goiás, Distrito Federal e Tocantins. Esta é a proposta do projeto "O Caminho de Dom Bosco - Um Roteiro Para o Centro do Mundo", lançado nesta terça-feira, 5, às 9h, no Memorial Coluna Prestes, em Palmas, pelo professor Osvaldo Della Giustina, ex-reitor da Unitins. O secretário da Indústria, Comércio e Turismo, Emilson Vieira Santos, abriu o evento ressaltando a importância da integração de atrativos para o Estado e o país.Mentor intelectual do projeto, Della Giustina recebeu a parceria da Sictur para a promoção do roteiro, que tem 38 atrativos no Tocantins e 40 em Goiás, iniciando em Brasília e finalizando no Cantão, em Caseara. Nas palavras do professor, "o Terceiro Milênio está aqui no Tocantins", apresentado por ele como o centro do mundo e o grande mercado do século XXI. A força das águas do Estado, interligadas à bacia hidrográfica do Planalto Central, constituem, segundo Osvaldo Della Giustina, em 20% dos recursos hídricos do planeta, fortalecendo a posição do Tocantins como a "grande potência do Brasil". E o Cantão, prosseguiu, foi escolhido para ser o encerramento do roteiro "pela força telúrica que permite a articulação com os demais roteiros do mundo".No Tocantins, o roteiro místico seguirá por Arraias, Paranã, Porto Nacional , Natividade, Cristalândia, Lagoa da Confusão, Barreira da Cruz e Cantão, na primeira etapa. Estudos já estão sendo realizados para formatar novos destinos que deverão incluir o Jalapão.

Compartilhe esta notícia