Visitante é flagrada tentando entrar com drogas na Cadeia Pública de Colinas

11/01/2019 - Willian Borges – Governo do Tocantins

Uma mulher identificada como Maria Suely de Oliveira Marinho, 35 anos, foi flagrada na manhã desta sexta-feira, 11, tentando entrar na Cadeia Pública de Colinas do Tocantins com droga introduzida em suas partes íntimas. Os agentes que estavam de plantão deram voz de prisão à mulher, que estava na cadeia para visitar o seu esposo, Paulo Ricardo Leite Marinho, e a conduziram à Central de Atendimento da Policia Civil.

Os agentes da unidade haviam recebido a informação de que Maria Suely de Oliveira Marinho traficava e com isso ficaram atentos ao comportamento da mulher que estava bastante nervosa durante o procedimento de revista. Somando isso às suspeitas já existentes, a conduziram ao Hospital Municipal da cidade onde foi realizado um exame de raio-X que confirmou a presença de ilícito.

Após a confirmação, os agentes deram voz de prisão à mulher e a conduziram à Central de Atendimento da Polícia Civil do município e foi instaurado Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) em desfavor do companheiro da visitante, Paulo Ricardo Leite Marinho, para apuração mais detalhadamente o ocorrido.

“Prevenir a entrada de entorpecentes na unidade é um trabalho que fazemos cotidianamente e como não fazemos revista vexatória essa ação é um pouco mais complexa e depende da inteligência e da dedicação dos servidores para conseguir realizar flagrantes como esse. Por isso parabenizo a minha equipe pelo trabalho”, disse o diretor da cadeia, Silvestre Boaventura.

Ato recorrente

A direção da unidade informou que a mesma visitante já havia sido presa em flagrante no ano de 2015 por tentar entrar com entorpecentes na mesma unidade prisional.